Uncategorized

A-Fund ajuda na criação de um centro social antifa em Kallithea (Grécia)

Em 2012, os antifascistas de Kallithea, na Grécia, expulsaram fascistas que torturaram e perseguiram migrantes. Desde então, os fascistas ameaçaram voltar, e a falta de um centro social auto-organizado em Kallithea que possa abrigar grupos antifascistas e políticos que possam apoiá-los, torna a coalizão do movimento antifascista e a luta contra os neonazis extremamente difícil.

O custo do centro social auto-organizado, com uma capacidade de 100m2, é de 14000 euros. Para a parte da proteção do camarada que sofre as consequências de alugar o centro, os ativistas estão tentando criar uma forma legal para alugar. Isso custa pouco mais de mil euros. Dessa forma, o estado vai parar de assediá-ls e ameaçá-ls, e também no caso de possível afiliação com a ação antifascista / anarquista, eles não mais serão pressionados.

Você pode conferir a página do Facebook do centro social aqui.

O pedido não se enquadra na missão anti-repressiva do A-Fund, por esse motivo passou por um processo de votação e acabou por ser financiado com 344 euros.

Se você quer ter certeza de que qualquer anarquista em qualquer situação semelhante seja apoiado, você deve apelar para o Fundo Internacional de Defesa Anarquista!

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. cookies?

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close